Você está aqui: Página Inicial > PNAFM > PNAFM I > Relatórios

Relatórios

VIGÊNCIA DO PNAFM I - 18/05/2001 A 31/12/2012

RELATÓRIOS DE ACOMPANHAMENTO

 

Relatório de Finalização do Projeto PNAFM FASE 1 (PCR)

Modelo de Relatório de Conclusão de Projeto - Agosto/2012 (PDF, 103 Kb) 

Relatórios de Acompanhamento do PNAFM I (2005 a 2012)

Relatório de Avaliação da 1ª Fase do PNAFM (pdf 584 Kb)

 

 

Orientações para o correto preenchimento e envio dos Relatórios de Acompanhamento:

Conceitos e Orientações - Versão 2 - Jan/2008 (PDF, 575 kb)

Anexos I e II do documento Conceitos e Orientações - Versão 2 - Jan/2008 (ZIP, 90 kb)

Apresentação sobre Relatórios de Acompanhamento - Nov/2007 (ZIP, 1,8 Mb)

 

Perguntas frequentes sobre os Relatórios de Acompanhamento (06/02/2008)

 

P1: Conforme consta da "Agenda das UEM" o Relatório Indicadores de Impacto deve ser encaminhado apenas no dia 15 de maio de cada ano, devido ao fato de as informações que compõem este relatório serem provenientes do Balanço que é fechado no mês de abril. (Nota Técnica nº. 37/2006/UCP/SE/MF, de 05/9/2006). Nas novas planilhas enviadas, o Relatório de Indicadores de Execução Física e Financeira e o Relatório de Indicadores de Impacto passam a ser um único arquivo – EXIP. Existe alguma alteração para a data de envio desses relatórios?

 

R1: As datas de envio dos relatórios para a UCP permanecem de acordo com a tabela abaixo:

 

nome do relatóriosigladata limite de entrega à ucp
Relatório de Progresso REPR 15/FEV e 15/AGO
Indicadores de Execução  INEX  15/FEV e 15/AGO
 Indicadores de Impacto  INIP  15/MAI

 

  Na capa do Relatório de Indicadores de Execução Física e Financeira há o campo “Relatório Complementar com Indicadores de Impacto”, no qual o município indica se o relatório enviado é complementar, ou seja, inclui as informações de Indicadores de Impacto. Portanto, em 15/02/2008, os municípios enviarão à UCP o arquivo EXIP sem os Indicadores de Impacto referentes a 2007 e, em 15/05/2008, eles enviarão o mesmo arquivo com esses indicadores adicionados.

 


  

P2: Devido a recentes atualizações no SIAPM, feitas pelo município junto à CAIXA, os dados de Execução Financeira, envidados nos arquivos EXIP e SIAPM, estão incorretos ou incompletos. Como fazer para corrigi-los?

 

R2: Os dados do arquivo EXIP (nnnnnn…_EXIP_v6.XLS) são vinculados aos do arquivo SIAPM (nnnnnn…_SIAPM.XLS). Assim, basta que o município atualize (digite) os dados corretos, referentes ao semestre com problemas, diretamente na respectiva folha da planilha do arquivo SIAPM. Ao abrir novamente o arquivo EXIP, deve-se escolher a opção “Atualizar” quando questionado pelo sistema (isso fará com que os dados atualizados no arquivo SIAPM sejam refletidos no arquivo EXIP) e depois salvar o arquivo EXIP. Se o arquivo SIAPM já estiver aberto, ao abrir-se o arquivo EXIP os dados serão atualizados automaticamente, sem o questionamento por parte da planilha.

  


 

P3: O município já executa seu projeto PNAFM por alguns semestres, entretanto recebemos o arquivo de Relatórios de Execução e Impacto – EXIP (nnnnnn…_EXIP_v6.XLS) com os valores de Execução Física sem preenchimento. Por quê?

 

R3: A partir deste semestre, os valores de Execução Física são baseados, exclusivamente, no número de Atividades Executadas em relação às Atividades Previstas, por Produto. Devido ao fato de vários projetos não terem estabelecido esses conceitos em seus projetos, ainda não foi possível registrar a execução baseada em atividades. Assim, a UCP espera que os municípios façam esse ajuste em seus projetos a fim de ser possível o acompanhamento de sua evolução física. Para esclarecimentos adicionais sobre este tema, ver o item “4.6 Indicadores de Execução – INEX” no arquivo “Relatorios_Acompanhamento-Conceitos_e_Orientacoes.pdf" disponibilizado no site da UCP.

 


 

P4: Nosso projeto PNAFM não estabelece, de forma adequada, Atividades por Produto. Como vamos preencher o relatório de Execução Física?

 

R4: Sem a definição adequada de Atividades por Produto, não é possível o devido registro e rastreamento da evolução física do projeto. Assim sugere-se que nesse caso o município atualize seu projeto, ajustando as Atividades por Produto. Como não haverá tempo para uma Revisão de Projeto até a entrega deste próximo relatório, sugere-se também nesse caso que o município registre, em notas separadas, as Atividades de cada Produto de modo a conseguir aferir a execução física, e posteriormente inclua essas alterações em futura Revisão do Projeto. Se assim for feito, solicita-se que esses registros sejam também enviados junto com o relatório de Execução Física.

 


 

P5: Ao abrir o arquivo EXIP (nnnnnn…_EXIP_v6.XLS) e escolher a opção “Atualizar”, quando o sistema indica que o arquivo contém vínculos para outras fontes de dados, os dados do arquivo SIAPM (nnnnnn…_SIAPM.XLS) não são refletidos no arquivo EXIP, por quê ?

 

R5: Para usar os arquivos EXIP e SIAPM corretamente, basta salvá-los na mesma pasta (diretório), em qualquer computador. É importante não alterar o nome dos arquivos ao trabalhar com eles.

 

O relatório EXIP está vinculado ao arquivo SIAPM, assim, quando o arquivo EXIP for aberto será solicitada atualização dos vínculos entre esses arquivos. Essa atualização só será necessária quando os dados do arquivo SIAPM forem atualizados.

 

Caso os emails sejam lidos diretamente a partir de um programa navegador da Internet (por exemplo, Internet Explorer, Netscape, Mozilla ou outros), em vez de abrir as planilhas diretamente desse programa (opção ABRIR), primeiramente se deve salvar as planilhas EXIP e SIAPM em uma mesma pasta local do computador que se usa (opção SALVAR), e então abrir o arquivo EXIP e confirmar a atualização com o arquivo SIAPM.