Você está aqui: Página Inicial > Quem Somos > Concursos e Processos Seletivos

Concursos e Processos Seletivos

Edital - Processo Seletivo

UNIDADE DECOORDENAÇÃO DE PROGRAMAS – UCP PROGRAMA NACIONAL DE APOIO À GESTÃO ADMINISTRATIVA E FISCAL DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS – PNAFM, EDITAL n°. 01. PNUD – PROJETO BRA/04/033

AVISO DE SELEÇÃO

 

PNUD – PROJETO BRA/04/033

UNIDADE DECOORDENAÇÃO DE PROGRAMAS – UCP

PROGRAMA NACIONAL DE APOIO À GESTÃO ADMINISTRATIVA E FISCAL DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS – PNAFM, EDITAL n°. 01.

 

Processo seletivo para contratação de pessoa física no âmbito de projeto de cooperação técnica internacional.

 

Objeto: Contratação de Consultor Especialista em Gestão de Informações Geográficas no âmbito de Administrações Municipais, por um período de 12 meses.

 

REQUISITOS:

Mínimos Obrigatórios:

  • Técnico de nível superior, com especialização ou experiência mínima de 10 anos em projetos de estruturação de Sistemas de Informação Geográfica voltados para municípios, com formação acadêmica em uma das seguintes áreas: arquitetura, engenharia ou geografia;

Desejáveis

  • Conhecimentos específicos em geoprocessamento, modernização administrativa, implantação de políticas públicas e revisão de processos; e
  • Experiência na área, mestrado e doutorado.

 

PRODUTOS A SEREM DESENVOLVIDOS:

  • Relatório com proposta de estrutura para realização de seminário fechado para avaliação e debate sobre o tema Alternativas de uso de geoprocessamento na melhoria da gestão municipal, em decorrência da pesquisa aos entes participantes do seminário.
  • Relatório consolidado com as definições extraídas do seminário.
  • Relatório Técnico por ente pesquisado, que já utiliza boas práticas em geoprocessamento com foco na gestão municipal.
  • Relatório sobre oferta de imagens e suas potencialidades para uso na gestão dos municípios brasileiros.
  • Manual de Orientações Estratégicas para utilização nos municípios brasileiros, que aborde os aspectos da gestão municipal que podem ser explorados com o Geoprocessamento.

 

ASPECTOS DA CONTRATAÇÃO:

i. Contrato por produto

ii. Prazo da contratação: 12 meses

iii. Remuneração: após a entrega e aprovação de cada produto.

 

CONDIÇÕES GERAIS

1) Em atenção às disposições do Dec. 5.151 de 22/07/2004, este processo seletivo constará de: análise curricular e entrevista pessoal.

2) Para maiores detalhes quanto aos produtos esperados, requisitos exigidos e cadastramento os interessados deverão ler o Aviso de Seleção acima.

 3) O currículo deverá ser preenchido conforme o modelo disponibilizado no Site e enviado ao e-mail institucional do PNAFM – ucp.df@fazenda.gov.br

4) A data limite de envio de currículo é 24/08/2007.

5) Não participarão do processo seletivo os currículos que não atenderem ao item 3 acima.

6) A Comissão de Avaliação do Programa fará a pré-seleção dos currículos que contiverem os Requisitos Mínimos Obrigatórios exigidos neste Edital.

7) O candidato cujo currículo atender aos Requisitos Mínimos Obrigatórios, será pré-selecionado e convocado para participar da etapa de entrevista pessoal.

8) Em caso de convocação, conforme item 7, a Comissão de Avaliação do Programa entrará em contato com o candidato, indicando o local, data e horário da realização da entrevista. Eventuais despesas pessoais decorrentes desta convocação correrão por conta do candidato.

9) O não atendimento às condições dos itens 7 e 8 deste Edital implicará a desclassificação do candidato.

10) Os candidatos aprovados neste processo seletivo deverão comprovar documentalmente todas as informações declaradas no seu currículo no ato da entrevista. A citada comprovação é condição sine qua non para a celebração do contrato de serviço.

11) Vedação legal: "É vedada à contratação, a qualquer título, de servidores ativos da Administração Pública Federal, Estadual, do Distrito Federal ou Municipal, direta ou indireta, bem como de empregados de suas subsidiárias e controladas, no âmbito dos projetos de cooperação técnica internacional.” Art. 7º do Dec. 5.151 de 22.07.2004.


 

UCP recruta especialista em Geoprocessamento

Está aberta a seleção para contratação de Consultor especialista em Geoprocessamento, com foco na Gestão de Informações Geográficas no âmbito de Administrações Municipais.

Os objetivos centrais da contratação são:

- Contribuir para racionalizar a aplicação de recursos públicos no fomento a iniciativas de geoprocessamento para melhoria da gestão dos municípios brasileiros, e

- Consolidar informações acerca da oferta de imagens com características para uso na gestão dos municípios brasileiros, com vistas a subsidiar os municípios na alocação de recursos.

 

 

ATA - Definição de Critérios de Seleção e Avaliação

Data: 14/08/2007 Unidade: UCP/MF Nº Ata: 001
Local: UCP/SE - MF Início: 15:00 Término: 17:00
Assunto/Projeto: Definição de Critérios de Seleção e Avaliação – Contratação de Consultor
Especialista em Gestão de Informações Geográficas no âmbito de Administrações Municipais

PARTICIPANTES
Luiz Alberto de Almeida Palmeira UCP/MF Luiz.palmeira@fazenda.gov.br
Rodrigo André de Castro Souza Rêgo UCP/MF Rodrigo.rego@fazenda.gov.br
Elaine Santos Bicalho UCP/MF Elaine.bicalho@fazenda.gov.br
Alexandre Melillo Lopes dos Santos UCP/MF Alexandre.m.santos@fazenda.gov.br
Osvaldo Mazzola Júnior UCP/MF Osvaldo.mazzola@fazenda.gov.br
Antonio Audelino Corres Filho UCP/MF Antonio-audelino.filho@fazenda.gov.br

OBJETIVOS DA REUNIÃO
- Definição de critérios de avaliação e análise curricular
- Definição do roteiro de entrevistas a ser utilizado

TÓPICOS ABORDADOS
Aos quatorze dias do mês de agosto do ano dois mil e sete, e conforme definido no inciso VIII
do artigo 6o a Norma de Execução no 1, de 16 de março de 2006, publicada no BP no 11, de
17/03/06, foi realizada nas Dependências da Unidade de Coordenação de Programas – UCP,
vinculada à Secretaria-Executiva do Ministério da Fazenda, reunião operacional com o objetivo
de definir os critérios de avaliação e análise curricular referentes ao Edital No 1, de 8 de agosto
de 2007, viabilizado pelo Acordo de Cooperação PNUD - PROJETO BRA/04/033.
Estiveram presentes, compondo a Comissão de Avaliação do Programa, sob a coordenação do
Coordenador-Adjunto Luiz Alberto de Almeida Palmeira, os servidores da UCP listados acima.
Com relação aos critérios de avaliação e análise curricular, ficou definido que serão
considerados os seguintes aspectos, e respectivos pesos em cada quesito.
1. Técnico de nível superior, com especialização ou experiência mínima de 10 anos em
projetos de estruturação de Sistemas de Informação Geográfica voltados para municípios, com
formação acadêmica em uma das seguintes áreas: arquitetura, engenharia ou geografia;
2. Conhecimentos específicos em geoprocessamento, modernização administrativa,
implantação de políticas públicas e revisão de processos serão considerados como vantagens
adicionais;
3. Tempo de experiência na área, mestrado e doutorado serão considerados como
vantagens adicionais.
Os aspectos a serem considerados e as respectivas pontuações desse item ocorrerão da
seguinte maneira:
Formação acadêmica:
Especialização em Arquitetura, Engenharia ou Geografia (mínimo 360 h/a) 2,00
Mestrado sem apresentação de tese em Arquitetura, Engenharia ou Geografia 4,00
Mestrado completo em Arquitetura, Engenharia ou Geografia 6,00
Doutorado sem apresentação de tese em Arquitetura, Engenharia ou Geografia 8,00
Doutorado completo em Arquitetura, Engenharia ou Geografia 10,00
Para efeito de ponderação da pontuação final, as notas acima serão multiplicadas pelo fator de
peso 4 (quatro).
Experiência Profissional:
De 10 a 15 anos de experiência em Geoprocessamento, Modernização
Administrativa, Implantação de Políticas Públicas e Revisão de Processos
5,00
Acima de 15 anos de experiência em Geoprocessamento, Modernização
Administrativa, Implantação de Políticas Públicas e Revisão de Processos
10,00
Para efeito de ponderação da pontuação final, as notas acima serão multiplicadas pelo fator de
peso 4 (quatro).
Cursos de Curta Duração (mínimo de 40 Horas/aula):
1 (hum) curso 2,00
2 (dois) cursos 4,00
3 (três) cursos 6,00
4 (quatro) cursos 8,00
5 (cinco) cursos 10,00
Para efeito de ponderação da pontuação final, as notas acima serão multiplicadas pelo fator de
peso 2 (dois).
Para clarificar a metodologia adotada, a pontuação máxima possível por candidato será a
seguinte:
Formação acadêmica:
o Máximo de 10 pontos, multiplicado pelo fator 4, resultando em 40 pontos.
Experiência Profissional:
o Máximo de 10 pontos, multiplicado pelo fator 4, resultando em 40 pontos.
Cursos de Curta Duração (mínimo de 40 Horas/aula):
o Máximo de 10 pontos, multiplicado pelo fator 2, resultando em 20 pontos.
Em resumo, o total da pontuação será obtido com a soma 40 + 40 + 20 = 100 pontos.
Com relação aos critérios a serem observados na entrevista pessoal, ficou definido que
participarão da Banca Examinadora no mínimo 4 (quatro componentes) e no máximo 6 (seis)
componentes, devendo essa quantidade e respectivos participantes examinadores ser uniforme
para todas as entrevistas que forem realizadas.
Também ficaram definidos os critérios que serão observados pelos examinadores, que
pontuarão cada um dos quesitos em valores de 1 a 10, sendo a pontuação 1 atribuída para a
resposta considerada absolutamente insatisfatória e a pontuação 10 atribuída para a resposta
considerada absolutamente satisfatória, restando os demais pontos intermediários para aferir o
grau de conhecimento que foi demonstrado pelo candidato em avaliação.
Foram eleitos diversos quesitos a serem avaliados, que por motivos de respeito ao sigilo e
idoneidade do processo permanecerão sob reserva da Comissão de Avaliação do Programa.
Nada mais tendo a tratar, foi encerrada a presente Reunião, ficando programa nova Reunião
para ocorrer imediatamente após a conclusão das entrevistas.